musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - UNIDADES - DPê - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Unidades letra


Traça objectivos subjectivos a trajectória
Sigo a história a pensar sempre na hora da glória
Vitória escaça o tempo passa e nada alcanço
Acendo um cigarro e dou uma passa enquanto avanço

Estrada molhada a chuva bate na cara, pés da calçada
Caminhava com a alma cansada
O caminho é estenso eu so penso no destino
Acompanhado com o Hugo e nunca venço sozinho boy

E o futuro esta perto mas tudo e incerto
E eu perco-me e encontro mal converso
E eu não tou mal converso e quando tou mal não peço
A vossa ajuda mas tambem não me agarro a um terço

Eu dou a mao aos meus três putos que pra mim são irmaos
Pela merda que passamos juntos e até hoje saímos sãos
Apostei no que gostei e sempre dei importancia
Eu sei que sou um puto mas curto viver na infancia.

[Refrão]
Não sei se vivo bem assim
Mas sei não vivo so pra mim
Eu dei-me a quem me ajudou no caminho
Somos quatro unidos ao sabor do destino (x2).

Aqui a tolerancia é zero é nas ruas que eu me perco
Faço frases nuas escrevo e falo como quero
Que sa foda o tempo que eu perco
Eu vivo com quem eu quero

Faço disto um tributo atribuo a quem eu quiser
Pelos medos que ja tememos
As marcas que nos temos
Enquanto passam os tempos eu relembro os momentos
Sou um puto Dpendente e dependo de quem me ajuda

A musica é a minha vertente seja vem vindo quem se junta
Tapas-te as luzes da cidade enquanto canto pa minha gente
Puto que tinha criticado agora ta na fila da frente
yoh que multidão, reuniao unicos sao os que me seguem,

Não me seguem eu vejo bem quem sao os que me perferem
Enquanto a vida passa não olho mas penso bem e fico tenso
Ate que alguem se imponha quando não convem
E se algo n corre bem tenho quem me ajude nisso
E nunca abandonei ninguem so pa nao correr o risco

[Refrão]
Não sei se vivo bem assim
Mas sei não vivo so pra mim
Eu dei-me a quem me ajudou no caminho
Somos quatro unidos ao sabor do destino (x2).

Finalmente no final o mal não vence
E eu só falo do que sei, sei quem pertence
Fotografias não chegam pa descrever a sensação
Tou c'os manos que me seguem ate eu entrar num caixão

E nao me peçam a mão se não me dão a verdade
Nesta terrinha de merda eu nao compro amizade
Este é o meu ego eu nao nego a arrogância
O meu futuro é cego eu vivo na insegurança

Mas seguro a quem me apoia no que faço
E tu acordas não concordas e com cordas se faz um laço
Abordas, fala vida o pessímismo é um palhaço
Cais dum abismo sem cordas ou um baraço
Num embaraço eu nao fujo da realidade
E é sempre um abraço amigo que acompanha na verdade.

[Refrão]
Não sei se vivo bem assim
Mas sei não vivo so pra mim
Eu dei-me a quem me ajudou no caminho
Somos quatro unidos ao sabor do destino (x2).

Eu não sei se se vivo bem assim
Mas sei não vivo so pra mim
Eu dei-me a quem me ajudou no caminho
Somos quatro unidos ao sabor do destino
Somos quatro unidos ao sabor do destinho.

Dpê - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br